Comece reservando seu hotel

Seguro viagem com desconto

Assista os vídeos para se inspirar!

Trusted House Sitters: Como conseguir hospedagem de graça na viagem?

Trusted House Sitters: Como conseguir hospedagem de graça na viagem?

Tem como ficar hospedado em qualquer lugar no mundo sem tirar o escorpião do bolso? O que você precisa fazer em troca da hospedagem? E é difícil ser aceito ou tem alguns pontos que eu preciso ficar atendo na hora de fechar? Como está sendo a nossa experiência na plataforma do Trusted House Sitters. É isso que eu vou te explicar hoje!

Como conseguir hospedagem de graça enquanto viaja?

Meu nome é Aline e eu sou aqui do Latitude Infinita. Nós somos nômades digitais a 2 anos e estamos nesse exato momento em uma casa onde não pagamos nadinha de nada para ficar.

É isso mesmo, ficaremos aqui 3 meses de graça em Viena, Áustria. O motivo? Existe hoje no mercado uma forma de troca, a pessoa me deixa ficar na casa enquanto viaja e em troca eu cuido da casa e do pet que ela tenha.

É uma forma de economia compartilhada. No caso a dona do apartamento aqui, a L, precisava viajar por 3 meses e não queria deixar os 2 coelhos e a gatinha dela em um hotelzinho de animais, nem na casa de um parente.

Sendo assim o que ela queria era uma pessoa que pudesse ficar dentro do apartamento, cuidando dos animais em tempo integral e como forma de pagamento, ao invés de pagar com dinheiro, ela me permite ficar no apartamento sem pagar nada por ele.

Eu não tenho custo nem da hospedagem, nem da internet, muito menos de água e luz. Literalmente estou ficando no apartamento de forma gratuita da parte dela. Em contrapartida, estou ‘pagando’ essa hospedagem com a minha hora e cuidado.

Todo mundo sai ganhando nessa brincadeira. Ela por ter alguém cuidando dos animais e da casa e a gente por ficar em Viena, que é um lugar carinho pra ficar bastante tempo, de graça.

Essa é a princesa, a Prissy

E como funciona o Trusted House Sitters?

É uma plataforma onde faz o encontro de quem quer cuidar de um animal e quem quer que cuidem de seu animal.

Tanto o dono do pet precisa criar um perfil na plataforma, quanto nós também temos que criar um perfil. Pra isso você precisa pagar uma vez ao ano, para usar a plataforma. O valor é anual e tem três opções:

  • PREMIUM: 239 euros
  • STANDARD: 149 euros
  • BÁSICO: 119 euros

A questão aqui é que o valor que pagamos para a plataforma, já se pagou com essa hospedagem de 3 meses. Então, todos os demais lugares que ficarmos não teremos nenhum outro custo. O valor acima que comentei é pago apenas uma vez a cada 12 meses.

  • Ao usarmos a plataforma eles nos disponibilizaram um cupom de desconto para seguir de 25%. Então, você se inscrevendo atrás dese link tem um cupom de desconto na Trusted House Sitters de 25%. Em contra partida a gente ganha 2 meses a mais grátis no nosso plano. Uma mão lava a outra, não é mesmo?

O valor básico te dá o direito de se candidatar a qualquer vaga. A standard dá direito a um seguro, vídeo chamada com veterinário e outros itens. Já o premium, tem seguro pra cancelamento (se o dono decidir cancelar em cima da hora), entrada em sala vip de aeroporto e ter uma coroa no perfil que mostra que você é especial.

Essas são as opções atualmente na plataforma.

Você pode ver no mapa acima que Reino Unido e Estados Unidos são os que mais tem opção.

Como escolher qual casa ficar na Trusted House Sitters?

Depois que o dono do pet cria um perfil e as opções de datas, ele fica esperando as pessoas se candidatarem para a vaga. E é ai que você entra. Você precisa pesquisar na plataforma todas as opções que são do seu agrado, para então se candidatar a vaga de pet sitter.

Por sinal nesse momento você verá que tem cidades que há muito pet sitter querendo e outros que quase ninguém quer. Então, você precisa se candidatar para os locais que pode ir e quer conhecer.

O que você precisar ficar atento:

  • A localização da casa: Precisa de carro ou tem como chegar de transporte público?
  • A quantidade de animaizinhos e quais são os animais.
  • A dificuldade em relação ao animal, se ele precisa de remédio, se precisa de assistência diferenciada…
  • Tem internet no local e a internet é boa? Esse item é primordial para nós aqui.
Aliás na página inicial é só você escolher a opção de “search for homes to sit”

Como fazer um currículo no Trusted House Sitters?

Você precisa preencher o seu currículo igual para uma entrevista de emprego mesmo. Quais são os animais que você já cuidou na vida e/ou já teve? Quais desses animais que você tem preferência para cuidar?

No nosso caso aqui, eu já tive durante a minha infância e adolescência muitos animais, entre eles: hamsters, coelhos, cachorros, tartarugas, pássaros, peixes… Então, para todos esses animais eu já possuo experiência no cuidado e criação. Sendo assim, me candidato a todas essas opções.

Aliás na plataforma tem muita opção de animais, eu vi até cobra! Sendo assim, confira bem quais são os animais, quais as necessidades e itens que você precisa fazer diariamente antes de pensar em se candidatar. Tem que lembrar que a sua principal responsabilidade nessa vida pet sitter é cuidar deles.

Você vai ter que fazer chamada de vídeo pra uma entrevista, viu? Então, seu inglês tem que estar no nível de conversação, pra você conseguir se comunicar com a pessoa, ok?

Isso no caso se você estiver procurando em alguma região de idioma diferente do português. Tem opção no Brasil, e ai você vai falar português. Tem várias opções em Portugal, vai falar português.

Como está sendo a nossa experiência como pet sitter?

Pra nós está sendo ótimo. Nós somos nômades digitais e vivemos nos lugares até 180 dias. Então, nós temos a possibilidade de escolher pra onde vamos e quando vamos. Ambos gostamos muito de animais e sentimos falta de ter um animalzinho conosco por esse mundo. Sendo assim, esse tipo de hospedagem para nós é o melhor dos dois mundos. Conseguimos viajar e ter um pet ao mesmo tempo.

Os meninos são incríveis, já sei que vou sentir muita saudade deles 😀

ATENÇÃO: Você vai ficar em uma cidade incrível? Se você escolher, sim. Mas você está ali pra cuidar do animal, tá? Então você pode até sair e turistar, mas você tem que lembrar que a sua maior responsabilidade é com os pets e não com o museu que você quer ver.

Responsabilidade acima de qualquer coisa viu?

Comente este post!

Ficou com alguma dúvida?