Comece reservando seu hotel

Seguro viagem com desconto

Assista os vídeos para se inspirar!

O que foi Auschwitz e como visitar o campo de concentração nazista?

O que foi Auschwitz e como visitar o campo de concentração nazista?

Você provavelmente já ouviu falar nesse nome, mas eu vou te explicar o que foi Auschwitz. O quanto esse lugar impactou na história da humanidade e como foi que visitamos esse local de graça (e que você também pode visitar).

Como visitar Auschwitz?

Antes de mais nada e esse é o primeiro ponto, você precisa reservar a sua entrada. Já que, caso você não tenha reservado, nem adiantará chegar lá e tentar. Isso mesmo, até a entrada grátis precisa ser agendada, já que a quantidade de pessoas que querem visitar esse local é enorme e eles precisam (claro!) ter um controle total de quantas pessoas por dia.

Dessa forma, já olhe no site oficial para reservar o seu horário. Lembrando que: muitas pessoas visitam, consequentemente o quanto antes você reservar seu horário melhor. Na alta temporada é recomendado reservar com 2 a 3 meses de antecedência. Tivemos sorte em reservar uma semana antes e ter data, já que estávamos em baixa temporada (mas foi loucura o que fizemos, se você fizer igual e não conseguir a culpa não é minha).

No site, escolha a primeira opção que é visita individual (Zwiedzanie indywidualne). Escolha a data e procure a opção onde não tem o idioma ao lado, já que com idioma entende-se que você quer guia e com guia você paga (por sinal, se você estiver ok no seu budget é interessante fazer o passeio com guia, você entenderá muito mais).

Esses que eu risquei em vermelho são os grátis

Depois disso é só fazer a sua reserva, salvar o ingresso e chegar no local. Mas ai você me pergunta: “Como chegar lá?”

Como chegar em Auschwitz?

Se você estiver em Cracóvia, você terá três opções para visitar Auschwitz. Sendo: ônibus, trem (comboio) e transfer. Vou te explicar melhor cada uma delas, assim você tem como escolher a opção que melhor se adeque a sua viagem.

Como chegar em Auschwitz de ônibus?

A opção que escolhemos de ida foi de ônibus. Saímos da estação central (Małopolski Dworzec Autobusowy), pegamos o ônibus antes do almoço e chegamos em Auschwitz (1 hora e meia depois).

Há várias empresas de ônibus que atuam nessa linha. Você pode chegar como nós e pedir o ticket para o próximo transporte para lá (pegamos uma van) ou esperar o ônibus grande da Lajkonik deixa bem em frente ao museu.

  • Custo de 14 PLN por pessoa.
como chegar em auschwitz de ônibus

Como chegar em Auschwitz de comboio?

Para chegar de comboio (trem), você pegará da estação central de Kraków (Kraków Main Station) até Oświęcim. Nós fizemos esse trajeto na volta, já que o ônibus que passaria, não passou e decidimos pegar o trem pra não esperar mais ainda.

O trem do retorno que pegamos foi as 17:58, saindo de Oświęcim com destino Krakow.

O trem é bem simples, mas super atende o que precisa. Foi um pouco mais barato que ônibus e fica a 1,7km de distância de Auschwitz (aí você precisa caminhar, mas achamos tranquilo o percurso)

  • Custou 11 PLN por pessoa.

Como ir para Auschwitz?

Além da opção de ônibus e comboio que indiquei, você ainda tem como ir por conta e escolher um guia de lá (na hora da reserva da entrada, você escolhe o idioma do guia) e tem como ir com uma agência autorizada.

grupo para auschwitz
Esse era um dos grupos que vimos chegando

Excursão a Auschwitz

Com uma agência autorizada você tem o diferencial de que irão te buscar em seu hotel, você terá um guia dentro de Auschwitz e terá o retorno incluso no passeio. É uma forma bem boa para você que não quer fazer todo o percurso sozinho.

Já deixei aqui embaixo 3 opções com um afiliado nosso, caso você tenha interesse.

Primeiro de tudo: o que foi Auschwitz?

Auschwitz ou Oświęcim (seu nome em polonês), era uma cidade a alguns quilômetros de distância de Cracóvia e que já havia sido território da Áustria, Prussia e por último Polônia.

Antes da tropa armada nazista chegar e dominar a região, Oświęcim era uma cidade bem agitada e era ponto de parada da ferrovia. Não atoa possuía diversas instalações para atender os funcionários e migrantes das indústrias dos países vizinhos.

Auschwitz foi escolhida pelos nazistas principalmente por causa da sua localização e sua linha férrea. Já que daqui pela linha férrea chegava-se em Viena e Praga, cruzavam as linhas em Berlin e atendiam Varsóvia e as indústrias ao norte.

Sendo assim, acabou tendo sua história completamente alterada na invasão nazista.

Tornando-se um campo de concentração nazistas, com o intuito de exterminar judeus e grupos que eles consideravam indesejados.

Foi em 1939 quando a Segunda Guerra Mundial eclodiu, que a Alemanha controlou a Polônia (e não somente a Polônia) e fez de sua terra o local onde as maiores barbares da humanidade acontecessem.

⁃ Assista o nosso vídeo sobre o bairro judeu. Ali explicando e mostramos sobre o bairro em que os judeus eram obrigados a ficar, como também as pessoas que ajudaram a salvar muitos judeus do extermínio.

Em 1940 quando os nazistas fundaram Auschwitz na Polônia, sua principal função era administrativa e de trabalho forçado (já um absurdo por si só). Posteriormente ao extermínio em massa. Ele foi construído para ser o mais completo de todos os centros. E não atoa é considerado o símbolo do holocausto causado pelos nazistas.

Sobre a visita em Auschwitz

Ao longo de todo o percurso, você vai entrar em vários blocos (locais em que as pessoas eram obrigadas a ficar). Em cada um deles você será impactado com a história da época. Saberá como as pessoas viviam ali (e eram em condições insalubres e degradantes).

como visitar Auschwitz
A mentira na porta: “trabalho liberta”

Durante o seu passeio, que pode levar de 2 a mais horas, dependendo do quanto você aguentará e lerá. Vai saber das barbares que fizeram. Nós visitamos Auschwitz no inverno e uma das placas informativas, fala sobre como eles eram obrigados a ficar sem roupa, na neve e tendo baldes de água sendo jogados em seus corpos a todo momento. Muitos morreram congelados!

Por mais que você já tenha lido na escola ou assistido algum filme sobre. Estar ali é uma realidade completamente diferente de tudo que eu imaginei que seria. Cada placa, cada foto, cada pedaço de roupa ou cabelo (sim, tem cabelo), te tocará e te fará pensar sobre esse momento da nossa história.

Saber que as pessoas que conseguiam fugir tinham seus familiares presos, foi de uma tristeza absurda. Ver ao longo do local, todas as tentativas de fuga, de rebelião e de força, foi … não sei nem como explicar.

Porque existiram campos de concentração?

Tinha o intuito de prisão e tortura contra os adversários políticos, professores, sindicalistas e toda e qualquer pessoa que ia contra a ideologia nazista. Tinha como uma de suas funções o trabalho forçado, mas acabaram tendo também a função de exterminar o maior número de pessoas possíveis. Não tenho como suavizar essa parte ao falar disso, foi exatamente isso que aconteceu.

  • Auschwitz I era de trabalho forçado e área administrativa. Mas aqui também mataram muitas pessoas nas câmaras de gás, nos banhos gelados e nos fuzilamentos (comento mais abaixo sobre).
  • Já Auschwitz II era única e exclusivamente para extermínio. Logo após o teste que eles consideraram um “sucesso” na primeira câmera de gás, eles construíram o II com o único intuito de extermínio.
  • Auschwitz III e os 39 outros campos auxiliares, eram usados para trabalho forçado para atender a indústria alemã, na produção militar, metalurgia e mineradora.

Em Auschwitz aproximadamente um milhão e 300 mil pessoas foram mortas, das formas mais barbaras e absurdas possível.

Durante a visita você verá informações sobre os mortos, sobre as condições de vida que eles eram obrigados a ter e saberá mais sobre a estimativa de mortos. Sim, é uma estimativa, já que em certo momento da história, já não se contavam mais quantas pessoas eram enviadas para esses locais. Eles simplesmente pararam de contar.

O que foi Auschwitz?

A primeira câmara de gás criada foi em Auschwitz I. Aqui eles “testaram” a grande ideia que tiveram de exterminar várias pessoas ao mesmo tempo. Nesse primeiro teste eles exterminaram 850 prisioneiros de uma só vez, com o gás Zyklon B.

Após esse primeiro teste, que eles consideraram um sucesso, começaram a construir Auschwitz II.

Ali em Auschwitz I foram mais de 70 mil pessoas que perderam a vida. Só esse número já impressiona, mas não foi nem de perto o número que Auschwitz II levou de vidas.

Como eu disse, Auschwitz II foi construída com o único intuito de extermínio e ao todo mais de um milhão (sim, um milhão!!!) de judeus e 19 mil cigano foram exterminados.

Como visitar Auschwitz

Tire um dia todo apenas para Auschwitz, pois você irá usar o dia todo tanto na locomoção, quanto para caminhar pelo local e entender tudo que aconteceu por ali.

  • Não pode entrar com mochila grande, então leve uma pequena com sua garrafa d’água. Você vai precisar.
  • Entenda que você pode parar, sentar e respirar. Não tente correr e ver tudo, será muita informação para um único momento.

Fomos na época do inverno e pegamos o primeiro dia de neve em Auschwitz, sendo assim: o dia estava bem frio (não esqueça de levar roupa quentinha caso vá em novembro).

Vale a pena ir em Auschwitz?

Vale, principalmente para você entender melhor a história que via nos livros. Até porque a sua história de vida não começou contigo, mas sim com as pessoas que vieram antes de você e as que vieram antes dessas.

Nós somos a criação das histórias que aconteceram no passado. Seus acertos, seus erros, seus temores e suas realizações. Sendo assim, ver Auschwitz de perto e entender o que foi tudo aquilo, faz parte da sua história também.

Se eu acredito que aquilo ali aconteceria novamente? Eu espero que não. Torço para que quando algo ruim aconteça, todos nós possamos evitar que nossas almas se percam. Acho que você também deve pensar assim.

Entretanto, não recomendaria você ir logo no começo da sua viagem. Conheça as cidades que escolheu visitar e deixe Auschwitz para os seus últimos dias de viagem na Polônia. Querendo ou não é um passeio triste.

  • Leia também o blog viaja que passa, da nossa amiga Fê Moro, também fez um conteúdo bem interessante sobre como visitar Auschwitz.

Além de Auschwitz: Bairro judeu em Cracóvia

Caso você esteja em Cracóvia, recomendo que você visite o bairro judeu da cidade. Assim conseguirá entender um pouco mais sobre os campos de concentração e também de onde muitos judeus saíram (tem uma praça em memória).

O que fazer em Cracóvia: 10 melhores passeios

O que fazer em Cracóvia: 10 melhores passeios

ler artigo
O que você precisa saber antes de viajar para Polônia

O que você precisa saber antes de viajar para Polônia

ler artigo
Como ir do Aeroporto de Atenas até o Centro?

Como ir do Aeroporto de Atenas até o Centro?

ler artigo

Comente este post!

Ficou com alguma dúvida?