O que fazer em Morretes na Pandemia

O que fazer em Morretes na Pandemia

Curitiba é uma capital muito privilegiada no que diz respeito a ser próxima de cidades menores com atrações muito bacanas para se curtir perto da natureza e que cabem num fim de semana. Ideais para essa época restritiva que estamos vivendo, esse tipo de passeio tem sido a escolha das pessoas que querem aos poucos voltar a sair de casa com o menor risco possível. Mostramos nesse post o que fazer em Morretes, tanto agora em época epidêmica, quanto quando tudo isso passar.

São várias opções entre litoral, turismo rural, rotas ecológicas, cidades de colonização alemã e italiana onde se pode comer as comidas típicas desses países e até degustar vinhos produzidos na região. Neste texto vamos nos concentrar na cidade de Morretes e se dá para ir a Morretes na pandemia.

Dessa forma esse post foi estruturado pensando em você. Além da informação sobre a situação atual acerca da pandemia, também daremos dicas de onde ficar, onde comer e o que fazer de experiência de viagem por lá.

Um agradecimento especial a Geovana Assis do @parentalizando que foi quem viveu essa experiência de viagem na pandemia e compartilhou conosco sua experiência, para te ajudar a compeender as viagens nesse período.

Caso você também queira contribuir com seu relato de viagem, envie para contato@latitudeinfinita.com

Como chegar em Morretes

São diversas as formas de chegar em Morretes. Distante sessenta e oito quilômetros de Curitiba e situada entre a Serra do Mar e o litoral paranaense, o município de Morretes possui cerca de dezesseis mil e quinhentos habitantes.

A cidade oferece diversas atrações, a começar pelo seu trajeto mais famoso: a Estrada da Graciosa (PR-410) que é uma atração em si, cercada pela exuberância da mata atlântica esse acesso utiliza a antiga rota dos tropeiros em direção ao litoral do Paraná e mantém, em boa parte de sua extensão, o calçamento de pedra que vai te levando com muitas curvas ao nível do mar.

A estrada não leva esse nome à toa, é considerada uma das mais bonitas do Brasil.

E se você curte passeios de trem essa é uma oportunidade de chegar à cidade em grande estilo descendo de trem pela Serra do Mar. A Serra Verde Express faz esse serviço e tem algumas opções de passeio que levam até Morretes num trajeto  deslumbrante, torça para que o tempo esteja aberto e você possa aproveitar e fotografar com o máximo proveito.

Aliás o Latitude Infinita já fez esse trajeto, confere no vídeo acima 😀

Apenas note que em qualquer caso na escolha do pacote não há a opção de voltar de trem, apenas ida. Você pode contratar a volta pela estrada com a própria empresa ou contratar um transfer na chegada.

Mas se você prefere chegar rápido na cidade de Morretes pode ir pela rodovia 277 toda asfaltada, porém, pedagiada nesse trecho.

O que fazer na Cidade

São muitas as opções do que fazer em Morretes desde atividades de aventura a descanso perto da natureza. Para quem se interessa por montanhismo, pode curtir o pico do Marumbi com seus 1.539 metros e oito cumes para serem explorados.

Para os que preferem esportes aquáticos é possível aproveitar o lindo rio Nhundiaquara para praticar canoagem, descer o rio em boias e caiaques ou simplesmente tomar um banho nos vários locais de fácil acesso.

As águas são geladas, mas não afastam ninguém. Você pode nadar no rio em meio as pedras gratuitamente, ou se preferir pode nas pousadas e campings da região contratar um Day use sem precisar necessariamente ficar hospedado. O bom dessa opção é desfrutar tudo com mais conforto de uma estrutura com banheiros e estacionamento.

morretes é perto de curitiba

Ainda há opção de caminhar pela Serra do Mar até onde estão os saltos dos Macacos e da Fortuna e fazer  trekkings no Parque Estadual do Marumbi.

Morretes é uma cidade histórica, sua fundação data da vinda dos jesuítas no período colonial, então seus casarões são uma atração possível de ser apreciada numa caminhada tranquila pelas suas ruas com muitas lojinhas de artesanato da região e das iguarias típicas como a banana em seus mais diversos preparos: bala de banana, compotas, banana chips doce e salgada, cachaças e licores artesanais à base da fruta símbolo da cidade. É impossível não levar algumas dessas delícias para casa ou pelo menos um cacho de banana verde para amadurecer devagar.

Onde Ficar em Morretes

São muitas as possibilidades de onde ficar em Morretes, a cidade tem uma boa estrutura de pousadas para receber e muito bem seus visitantes. Apesar de ser mais comum para os Curitibanos irem até lá pela manhã, passear, comer um bom barreado e subir a serra de volta à tarde, ficar lá por mais de um dia é uma ótima pedida.

Booking.com

São em geral pousadas pequenas e intimistas onde é possível aproveitar tudo sem pressa. A maioria dispõe de chalés com muito verde nas áreas internas com acessos privativos ao rio Nhundiaquara, construídas em sítios e chácaras.

Em sua maioria esse tipo de pousada está localizado na estrada de acesso ao centro, e possuem opções de hospedagem com sistema de pensão completa ou apenas café da manhã. As pousadas do centro histórico geralmente estão localizadas em casarões históricos. Além disso, tem áreas para camping, sendo um destino bem democrático que atende a diversas necessidades.

O que comer em Morretes

A culinária típica por excelência do Estado do Paraná é o barreado que tem na cidade grande expressão. É uma iguaria trazida pelos portugueses há mais de trezentos anos, feita com carnes e temperos.

É cozida na panela de barro até desmanchar num processo que leva horas. Servida com farinha de mandioca super fininha e banana faz a alegria dos visitantes em todos os restaurantes da cidade, que são inúmeros.

Além do barreado, outra aposta certeira e muito comum de encontrar são os frutos do mar, frescos pela proximidade do litoral e servidos em preparações variadas.

Dá para viajar a Morretes na pandemia?

Depois de muito tempo sem viajar e com muita vontade de sair um pouco de casa com responsabilidade optamos em ir para Morretes por uma série de fatores que passo a listar além de todas as razões expostas acima: em primeiro lugar por ser um destino próximo de casa, para onde é possível ir passar um fim de semana aproveitando bastante e viajando de carro e por ser um destino de natureza com várias atividades ao ar livre. Uma vez decidido para onde ir surgiu a dúvida de onde ficar.

Optamos por uma pousada charmosa construída numa chácara, com vasta área verde, acesso ao rio e serviços de refeições e café da manhã incluídos.

Medidas tomadas em razão da Covid-19 em Morretes

Como foi feito o check-in

Antes da reserva conferimos como estavam lidando com o atual cenário de pandemia e quais as regras estavam sendo aplicadas. Constatamos que havia uma série de medidas sendo tomadas.

A primeira que chamou nossa atenção foi a mudança no número de hóspedes, atendendo apenas vinte e cinco por cento de sua capacidade máxima. O check-in foi feito antecipadamente, na chegada apenas assinatura da ficha de cadastro que já estava preenchida com os dados fornecidos, reduzindo assim o tempo de permanência na recepção.

Na chegada aferição de temperatura e álcool gel nas mãos, as chaves vieram numa bolsinha onde havia os controles remotos da TV e ar condicionado previamente higienizados pela equipe, os quais eram novamente higienizados na devolução.

Todos os hóspedes assinaram também um termo de responsabilidade informando não pertencer a um grupo de risco e não ter sintomas de gripe ou resfriado.

o que fazer em Morretes
A piscina tanto interna quanto externa estavam fechadas/proibidas para uso.

Áreas de utilização reduzidas

Seguindo a política de redução de hóspedes fomos esclarecidos de que em nosso chalé a última hospedagem se deu no mínimo há quatros dias, diminuindo assim possíveis riscos de contágio. Os funcionários estavam todo o tempo usando máscaras.

Morretes com criança
Aliás confere lá o Instagram da Geovana. Ela conta como viajar sendo mãe e sobre viver.

A piscina interna e externa foram desativadas assim como o ofurô da área externa, segundo protocolos para o setor de hospedagem exigidos pelo Estado do Paraná em parceria com a FECOMERCIO – PR e SEBRAE-PR seguindo normas da ABIH.

Serviço na Pousada

O serviço de limpeza do quarto passou a ser optativo.

Os serviços de refeições foram totalmente reformulados. Na área do restaurante mesas bastante afastadas no salão, tendo em vista o atendimento reduzido a distância foi até maior que o recomendado.

Cada chalé ou quarto tem uma mesa específica na área do restaurante que é utilizada somente por ele durante todo o período da hospedagem sendo identificadas com a cor/nome da acomodação.

Onde ficar em Morretes
Por sinal a nossa era a da placa Lilás.

A alimentação por Buffet também não funciona mais e o atendimento é a la carte. Inclusive o café da manhã é todo servido na mesa, inclusive bebidas quentes, assim a circulação é apenas dos funcionários atendentes.

Pousada em Morretes

Ficaram suspensos também os serviços de recreação monitoradas ou não. Foram removidos objetos de uso compartilhado como jornais, revistas e livros.

Morretes e Covid-19

Fizemos um passeio pelo centro da cidade, na pracinha, onde funciona uma feria ao ar livre e onde estão os principais restaurantes da cidade.

Todos os feirantes e atendentes de loja usando máscaras, álcool gel inclusive nas barracas. A grande maioria das pessoas circulando estava usando máscaras e havia fiscalização da Prefeitura com agentes municipais orientando as pessoas a usarem máscara.

onde comer em Morretes
Aliás essa hospedagem no Hakuna Matata foi ótima!

Valeu a pena?

Pela minha experiência valeu muito e eu certamente voltaria. Minha sensação foi de que o retorno ao atendimento foi muito bem pensado e as medidas foram seguidas à risca.

Penso que cada pessoa ou família sabe o que é melhor para si e caso esteja nos seus planos dar uma escapada para espairecer, considero esse tipo de viagem uma opção muito boa, e Morretes uma ótima escolha. Observe se faz sentido para suas necessidades e haja com consciência coletiva. No mais, aproveite e que essa fase passe rápido.

@parentalizando
Agora corre lá no Instagram da @parentalizando 😀

Um comentário em “O que fazer em Morretes na Pandemia

  1. Obrigada por contar como foi sua experiência conosco, Geovana! Tenho certeza que deve ter inspirado muita gente 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo