O que fazer na Ilha da Madeira
Europa,  Ilha da Madeira,  Portugal

O que fazer na Ilha da Madeira

Voltamos a poucos dias da Ilha da Madeira e já devo deixar algo bem claro para você: a Ilha é incrível. Tínhamos em mente que a Ilha seria um local bonito de se ver, mas nada além disso. Nos enganamos fortemente. Certamente a Ilha da Madeira é aquele destino onde você pode encontrar um pouco de tudo. Tem praia, para quem gosta de praia. Tem montanha, para quem gosta de montanha e tem comida, para quem adora uma boa refeição.

Inevitavelmente por termos ficamos poucos dias dentro da Ilha da Madeira, não chegamos a conhecer os outros locais que formam o arquipélago da Madeira. De fato faremos uma segunda visita a esse local. Mas, para conseguir te mostrar tudo que você tem para fazer por ali, vamos logo começar esse texto né?

Chegando na Ilha da Madeira

Há várias possibilidades de você chegar até a Ilha. A que fizemos foi saindo de São Paulo, escala em Lisboa e destino final Porto. Ficamos um dia no Porto e saímos no dia seguinte com outro voo para a Ilha da Madeira. Vale ressaltar que essa viagem foi feita em novembro/2019 e os valores são referente a esse período, pode ser que no momento da sua busca eles estejam mais altos ou mais baixos, tudo depende da oferta e demanda.

  • São Paulo para Porto: 1.028,84 reais (valor por passageiro).
  • Porto para Funchal: 365,84 reais (valor por passageiro).

Fizemos a compra pelo site direto da TAP Portugal, lá tinha a possibilidade de parcelamento em até 10x sem juros. Você também pode pesquisar no Google Flights e no Passagens Promo, para conferir valores e possíveis promoções.

Há sim a possibilidade de comprar a saída de São Paulo, escala em Lisboa e destino final Funchal (Ilha da Madeira), tudo no mesmo voo e na mesma transação. Não fizemos essa escolha pelo simples fato de que ficava mais caro assim. Por isso sempre recomendo: Pesquise! E pesquise bastante, com muitas variáveis para que você consiga procurar uma que melhor encaixe na sua viagem.

Chip de Internacional pra Internet

Bom, você vai usar um carro, consequentemente vai precisar que o seu Mapa do Google funcione corretamente. Nós sempre recomendamos que quando for viajar com carro você tenha um chip.

Acredite, ter internet nesses momentos em que você erra a rota é essencial. Foi para a gente, já que a Ilha da Madeira tem tantos túneis que tinham alguns que errávamos a entrada e era necessário o GPS atualizar (que só acontece com internet). O Chip que usamos e recomendamos é o do Viaje Conectado (a assistência pós-vendas deles é muito boa), então confere os valores clicando aqui, combinado?

Pode clicar na imagem também que vai direto pra página de venda, tá?

Aluguel de Carro na Ilha da Madeira

Para seguir o nosso “O que fazer na Ilha da Madeira” recomendamos que você alugue um carro. Principalmente se tiver pouco tempo como nós. Assim, alugamos o nosso carro pela RentCars.

O melhor preço para a época que fomos era da Sixt e pude parcelar o valor no cartão de crédito e em reais. Foi bem fácil e sem complicação. Recomendo que você pegue o seguro total do carro. Por mais que você ache que as vezes não é necessário, eu prefiro pagar e não ter dor de cabeça se bater o carro. Você pode cotar o aluguel do carro na Ilha aqui.

Esse foi o carro que alugamos.

Ah! Uma dica sobre o carro: Nós pagamos por um Mini, contudo a Sixt ofereceu um maior (por mais um valor), não aceitamos. Achávamos que não era necessário e que o Mini iria dar conta. Depois de termos negado o upgrade (mediante pagamento haha), eles ofereceram o carro sem custo. Resumindo: Pagamos o Mini de 1.0 e saímos com esse de 1.6.

Qual hotel ficar em Funchal?

Ah! Tem um shopping logo ali e você pode aproveitar para ir no Mercado. Sim, tem mercado ali dentro também (no shopping).

O Hotel tem piscina, vale para as piscinas naturais próximas, um terraço lindíssimo e que vale muito um pôr do sol ali, como também uma cama bem confortável. E eventualmente você irá cruzar com o gato Oscar do Hotel. Sim, o hotel cuida de um gatinho e de vez em quando você vai cruzar com ele.

todo pomposo e fotogênico, o menino Oscar.

Mas tem outras opções?

Tem sim. Na próxima vez que formos queremos ficar em Machico. Uma outra cidade na Ilha da Madeira e que adoramos conhecer. Esse local é mais calmo e tem uma energia bem gostosa. Dê uma olhada nessas opções de hospedagem em Machico e veja se alguma dessas lhe agrada. Agora se você preferir ficar na Capital Funchal, ai te recomendo olhar essa lista de hotéis onde você pode se hospedar

Como sair do Aeroporto Cristiano Ronaldo pagando menos?

Tanto para Funchal, quanto para Machico tem ônibus. No caso de Funchal, tem um ônibus que custa 5,00 euros e que leva até a porta do Hotel Golden Residence e muitos outros da região. O motorista até chega a perguntar qual o nome do seu hotel, para que ele saiba qual a parada que você descerá. Claro que você pode verificar se o hotel está na foto abaixo e/ou no site.

Imagem retirada do site da Aerobus

O que fazer na Ilha da Madeira?

Como eu falei, ficamos poucos dias na Ilha, então não tenho como te falar todos os locais de todos os cantinhos possíveis. Vou te mostrar nesse texto os que fomos e que eu recomendo muito que você visite também. Tenho certeza que se alguém da Ilha ler esse texto, vai achar que faltou um ou outro local. Sempre faltará, essa é a arte de viajar. Você vai ter que escolher entre muitas opções boas, quais as que mais se encaixam em seu roteiro e no que você está disposto a ver e pagar.

Conheça uma das Pontas da Ilha

Há várias pontas na Ilha da Madeira. Que nada mais são do que os últimos pedaços de terra dentro da Ilha. Aqueles pontos extremos em que será apenas você e a água. Fomos em duas, e são elas:

Ponta São Lourenço

A Ilha ao todo tem entorno de 54km no sentido Leste – Oeste. Essa ponta, fica no extremo leste da Ilha da Madeira. Um dos locais mais lindos que eu achei.

Você pode fazer a caminhada de 3km até a Casa da Sardinha (que é a pontinha, da pontinha da Ilha), ou então, ir até onde seu corpo aguentar e ficar na metade. Tem algumas partes abertas que você também consegue ver a ponta e ficar sozinho, então, vale de qualquer forma.

Um item importante nessa caminhada: Faça seguro viagem! Sério, não é balela e não tem essa de “nem precisa”. Precisa sim, você pode se machucar e é bom ter um seguro que te cubra nesses casos. Os leitores do Latitude Infinita têm desconto de 5% com a Seguros Promo.

 Ponta do Pargo

Essa ponta fica localizada a Oeste da Ilha da Madeira. Do nosso hotel levou aproximadamente 1 hora e no total 50km. O trajeto todo foram predominantemente de vielas e muita, mais muitas voltas curtinhas das ruas. Ah! Para chegar até a Ponta do Pargo você vai passar por um vilarejo mega pequenininho, no dia que passamos o carro disputava a rua com as pessoas hehe

  • O local ao qual paramos foi: Miradouro do Fio. (R. do Fio 9385, Ponta do Pargo, Portugal)

Por qual motivo eu estou lhe passando esse endereço? Bem, aqui tem a parte do Miradouro, onde você vê tanto o desfiladeiro, quanto o Farol a distância. Foi nesse ponto em que paramos o carro e andamos um pouquinho. Depois voltamos para o carro e fomos até o Farol (Ponta da Vigia, Ponta do Pargo, Portugal). Vou te dizer que eu preferi o Miradouro do Fio, do que o Farol. Principalmente por conta da quantidade de gente que tinha no farol, enquanto que no Miradouro era só a gente e mais dois casais.

O que fazer na Ilha da Madeira: Outros locais

Entenda: São 11 Municípios e 54 Freguesias, nem se eu descrevesse cada uma delas você conseguiria ver todas. Quer dizer, só se ficar na Ilha por mais de 30 dias e todo dia for para um local diferente. Se for isso, sério, conheça e depois me conte qual gostou mais.

Como eu citei ali no começo, gostamos bastante de conhecer Machico. Mas não existe apenas ela no mapa da Ilha, então te falarei de algumas das quais você pode conhecer e quem sabe se apaixonar:

Machico

Antes de começarmos a pesquisa da Ilha da Madeira, tínhamos em mente que a Ilha tinha apenas uma cidade: Funchal. Depois da pesquisa e indo para lá, vimos que a Ilha era muito maior do que pensávamos e tinha sim muito lugar e muitas cidades para conhecer.

Mostramos a primeira parte dessa lista nesse vídeo (e também Machico).

Machico fica ao leste da Ilha, então se você for conhecer a Ponta de São Lourenço, acabará vendo a Cidade também. Ela fica a aproximadamente 22km de Funchal, tem ônibus que vai até ela. E um detalhe mega importante na história da Ilha, é que foi em Machico que chegaram Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira, em 1419, quando descobriram a Ilha.

Santana

As cidades das casinhas bonitinhas. Santana fica localizada na parte Norte da Ilha e aqui as temperaturas também são diferentes, já que ela está a mais de 300 metros acima do nível do mar. Nela você encontrará as Casas típicas (que você vê abaixo), o Parque Temático da Madeira e a Reserva Natural da Rocha do Navio.

Foi aqui em Santana que eu provei o Rebuçado, uma bala dura de açúcar, bem gostosa e que custou 1,50 euro (mostrei no vídeo – no final do texto) e também onde provei a Poncha.

Poncha é uma bebida típica da Ilha, que leva aguardente, açúcar e sumo (suco). Vou ser bem sincera e te dizer que não curti essa bebida, mas é que eu sou muito fraca para qualquer bebida alcoólica. Mas não fiquei me sentindo mal por não ter gostado, já que a própria vendedora me falou que não gostava de nenhuma delas (hahaha, sério. Essa sinceridade dos Portugueses é incrível).

Sim, nessa parte tinha bastante gente hehe

Porto Moniz

Porto Moniz também fica ao Norte da Ilha e é cheia de belezas naturais. Ela é muito conhecida por causa das Piscinas Naturais que possui, e vou te dizer que essas piscinas são realmente muito incríveis (falo delas mais afrente).

Vai dizer que essa cidade não é linda?

Para chegar em Porto Moniz você passa por muitos túneis, sério, a quantidade de tuneis que passamos nessa viagem foi de impressionar. No último dia da viagem, na volta para o Aeroporto, perguntamos para um taxista quantos túneis tinha na Ilha e ele disse – sem pestanejar – que eram mais de 100.

Enfim, Porto Moniz é muito linda de se conhecer e tem vários restaurantes recomendáveis. Um deles é o Restaurante Orca, que foi onde comi um prato típico da Ilha (Espada com Banana) e que valeu cada cêntimo de euro (foi 12,80 euros). Você também pode ir no Dom Peixe, que também foi recomendado pelo @viagemparamadeira.

Essa é a outra opção de restaurante.

A Capital Funchal

A capital da Ilha da Madeira. Essa cidade é grande e vale a sua visita. Tem bastante coisa pra ver em Funchal viu. Você pode visitar o Museu do Cristiano Ronaldo (5 euros), que mostra todos os títulos dele e tem várias estátuas dele por lá.

Se você não curte o jogador e/ou futebol como um todo, não tem problema. Tem muitas coisas em Funchal para ver. Um dos locais que eu gostei de visitar foi o Mercado dos Lavradores. Foi lá que provamos uma fruta típica da ilha (que eu explico mais afrente). Tem mais coisa ainda, veja abaixo:

  • Teleférico Funchal-Monte
  • Parque de Santa Catarina
  • Jardim Botânico da Madeira
  • Cristo Rei

Tem mais coisa? Tem sim. Nós é que não conseguimos ver tudo em Funchal. Quem sabe na próxima voltamos e eu faço um texto apenas de Funchal. Quem sabe, né?

Como são as Piscinas Naturais na Ilha da Madeira?

Essa é uma atração aparte mesmo viu. As Piscinas Naturais na Ilha são magnificas e você encontra várias ao longo dela. Por isso, vou te dizer a que eu achei mais linda e o motivo disso.

Piscinas Naturais de Porto Moniz

Primeiramente o que são Piscinas Naturais? São áreas de formação natural (algumas até construídas e/ou aumentadas por construção humana). Geralmente ela é formada por diversas pedras, ou no caso das de Porto Moniz pelas rochas vulcânicas. E a água que tem dentro dela é proveniente do mar.

As de Porto Moniz são isso, em sua essência. Uma área que foi formada naturalmente e que o homem deu uma aumentada e facilitou o acesso. Essas piscinas são absurdamente bonitas, chega a ser muito doido de ver, sério. O único porem, quando a água é proveniente do mar, é que se o mar estiver revolto, as piscinas fecham.

Essas são as Piscinas Naturais de Porto Moniz

Foi isso que aconteceu com a gente. No dia que fomos o mar estava muito agitado, aí não pudemos entrar nas piscinas. De qualquer forma, se você for e ver que as principais ali estão fechadas, olhe mais ao lado direito e veja se a outra está. Pois é, tem outra piscina natural ali do lado, que é mais rustica e elevada. Consequentemente, essa não tinha problema quanto a força do mar.

  • O custo é de 1,50 euro. (Novembro/2019). 

Tem toda uma estrutura lá. Tanto salva-vidas, quanto espreguiçadeiras e guarda-sol. Dá tranquilo para ficar o dia todo por ali.

Ilha da Madeira é mesmo incrível, né?

Sim, é sim. Acho que foi um dos locais que eu mais amei conhecer, mesmo tendo praia. Pois é, eu não sou uma pessoa que curte muita praia e areia, mas eu amei conhecer a Ilha. A quantidade de opções de passeios e atividades para se fazer por lá, é absurda.

No nosso hotel mesmo – esse que indiquei você ficar – eles têm uma programação de atividades que impressiona. Todo dia sai uma van ou carro com os hospedes para conhecer os cantos da Ilha. Só a lista de coisas que tem ali, eu já pensei em ficar uns 30 dias para conseguir fazer tudo.

E se você reparou, eu nem citei Cabo Girão, Pico Ruivo, Pico Areeiro, Paúl da Serra, Câmara de Lobos e vários outros locais que você vai encontrar muita gente falando sobre. Eu realmente não consegui conhecer esses locais, e eles ficaram para quem sabe na próxima (e principalmente os Picos, quando eu estiver com mais condicionamento físico) eu quero conhecer. Sim, os picos, que são os pontos mais altos da Ilha, tem o grau de dificuldades alta, com uma distância de 9km para percorrer.

Espero que você adore a Ilha tanto quanto nós adoramos. Ainda vai ter mais textos sobre a Ilha da Madeira por aqui (um específico da comida, por sinal).

3 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: